Caiu um filhote de passarinho na minha casa, e agora?

PRIMEIRAMENTE JÁ AVISO: DÚVIDAS mande um e-mail para: voapassarinho.contato@yahoo.com.br

—————————————————————

Olá pessoal,

Você me achou na internet procurando ajuda sobre como cuidar de pardaizinhos, bem-te-vis, andorinhas, entre outros filhotes que caem do ninho, ou aparecem em sua residencia de repente, ou o gato tentou pegar… vários motivos, mas o único e principal é “Como cuidar deles??“.

Já adianto que eu não sou especialista em aves, mas sempre ajudei e salvei os passarinhos que caíram em casa, e com as minhas dicas espero ajudá-los também!!

Antes de seguir as dicas abaixo, tente encontrar o ninho do passarinho, em árvores próximas, arbustos, calhas, telhados. Os pais sempre ficam próximos tentando chegar perto do filhote quando não tem pessoas por perto. Caso não ache mesmo, leve para dentro de casa e cuide.

Vou apresentar algumas das coisas que você deve comprar na casa de ração, afinal para cuidar terá que gastar uns trocados.

Compre:

Seringa, Antibiótico (se precisar), pó de serragem, papa para filhotes (em pó). E pegue uma caixa de sapato vazia.

Primeiro de tudo, verificar se o filhote apresenta sinais de machucados, arranhões, mordidas, ou asa ferida…

Caso apresente, use o antibiótico. Depende do antibiótico a quantidade exata a dar ao filhote. Leia a bula ou converse com pessoas que entendem, nessas lojas de ração.

Após dar o antibiótico, o passarinho tem grandes chances de melhoria. Caso contrário, pode não resistir, por ser muito filhotinho e fraco. Se apresentar fortes ferimentos abertos, leve a um veterinário mais próximo. Não vou te dizer o que passar nas feridas, pois não tenho experiência com isso, muito menos sei como fazer.

Segundo:

Pegue a caixa de sapato vazia (a tampa dela deve conter furos e pequenas aberturas para que circule o ar), despeje o pó de serra dentro, (a medida boa é cobrir as garrinhas do passarinho), e coloque o filhote dentro. O pó de serra é bom pois é quentinho e segura as fezes. Não tampe toda a caixa, senão ele morre sufocado. Rasgue metade da tampa dela, deixando um lado tampado e o outro aberto.

CUIDADO: Não coloque jornal nunca, nem panos ou trapos. Jornal intoxica e panos enroscam nas garras, podendo sufocá-lo. 

Terceiro:

Já com a papa em mãos, ela geralmente vem em pó.

CUIDADO: Nada dê pão velho esfarelado com água, ou fubá úmido, ou aveia com leite!!! não dê essas coisas! Não tem nutriente nenhum para mantê-lo vivo por muito tempo. PASSARINHO NÃO MAMA!!! ELE NÃO É MAMÍFERO!!! ELE NÃO TOMA LEITE!! Então continuando…

Abre o pote da papa, coloque num copo uma colher de sobremesa de papa e pouca água para virar a textura de um mingal, que nem leite ninho se você já fez uma vez deve saber a textura que fica. Aqueça a papa com água no microondas uns 5 segundos acho, tem que ficar levemente morninho, nada de quente ou fervendo, senão mata o animal. Morninho para descer mais facil na garganta dele. Misture bem com colher e sugue com a seringa até a metade dela. Chegue próximo ao bico do filhote e vá soltando muito devagar a papinha ao lado do bico fazendo pressão, ele vai abrir o bico automaticamente e ao abrir, faça leve força para pressionar mais comida. Cuidado para não afogar ele. Dê aos poucos, espere ele engolir, e esteja atenta ao papinho dele.

Verifique se o papo do filhote está cheio. Se tiver cheio pare, guarde o que sobrou da papa tampado com papel alumínio, em um canto sem luz solar. Sempre atente-se se acabou a papa, faça mais e dê sempre morninha.

Alerta Limpeza: Pegue cotonetes e umideça-os na água, passe no canto do bico, para que todo o resíduo de comida saia. Se você deixar resíduos, a comida resseca no bico, gruda, enche de fungos, o filhote fica doente, e não consegue mais comer. Finalize passando um paninho úmido no bico com cuidado para não machucar.

Bom, tem pessoas que alimentam de 1 em 1 hora quando é muito filhotinho. Pode-se também optar por 2 em 2 horas. Filhote come muito. Pare de dar comida lá pelas 19h.

Se o filhote pia, normalmente é sinal de saúde, ou fome.

Alerta Água: Não se esqueça da água. Deve hidratá-lo junto com a comida. Após dar de comer, enche um dedinho de água na horizontal na seringa, e pressione para ele abrir o bico, e despeje. Pronto!! Bem alimentado e bem hidratado!!

obs: na foto, a pessoa utiliza uma seringa com um cabinho longo para imitar o bico da mãe. Não sei se vendem na casa de ração mesmo, mas é uma outra opção.

Quarto:

Após as refeições do dia, deixe-o quietinho na caixa onde não faz barulho para ele poder dormir. O pó de serra já o mantém aquecido. Não utilizo lâmpadas para aquecer os filhotes, sou contra. Deixe-o no escuro próximo a você ou então num canto do quarto. Não deixe-o lá fora, senão morrerá de frio.

E de manhã, mantenha a caixa em um local com claridade e ventilação, com brisa. Mantenha-o fora do alcance de crianças pequenas, de cachorros, gatos, entre outras ameaças.

Faça essa rotina toda até o passarinho ficar fortinho e querer abrir as asas.

Quinto:

Depois de crescidinho procure deixá-lo em um local mais aberto para ele querer voar. Quando o animal fica muito dentro de algo, adoece e morre. Ela deve tomar o solzinho da manhã, até umas 10h, assim recebe toda vitamina para as asas crescerem bem.

Cuidado com gatos a solta, e gaviões. São presas fáceis os filhotes que ficam expostos num local muito aberto.

Alerta: Quando for ensinar a voar, e ver que o pássaro está a bater muito as asas e já possui todas as penas no corpinho, procure achar um local cheio de árvores próximas, tipo um bosque, ou reserva, e dê impulso de baixo e solte com tudo o pássaro para cima. Ele com o impulso de baixo vai se sentir na obrigação de bater as asas e vai tentar voar até apoiar em algo. Depois disso, não se preocupe que o pássaro conseguirá voar normalmente depois de umas 4 tentativas de cair e você levantá-lo denovo pro ar.

OBS: Evite pegar muito no pássaro, o calor da nossa mão umedeci as asas dele, fazendo grudar, também podendo sufocar o bicho, e tirando-lhe o cheiro natural dele para convivência entre outros pássaros futuramente. Por isso só pegue-o quando for alimentá-lo.

Ah mas e agora? Ele cresceu, quer voar, mas se eu o soltar ele não vai viver lá fora!!

Errado!!

Vive sim! Ele é selvagem, ele tem asas. Ele veio da floresta. O pássaro após ser solto, vê outros de sua espécie, e tenta imitá-los em tudo, comer, se esconder, voar, tomar banho, enfim. É o instinto falando mais alto. Ele se junta com outros bandos e vive normalmente.

Jamais prenda um pássaro em uma gaiola!! Ele tem asas para voar, ser livre!! Não maltrate os animais!! Você gostaria de viver em uma prisão, e ver seus semelhantes livres e felizes do outro lado da cela?

Abraços

e mandem notícias dos cuidados com seus filhotes!!

Caso não tenham condições de cuidar de um filhote, procurem o Ibama, ONGs ou Secretaria do Meio Ambiente da sua cidade, mas não abandonem jamais.

SÓ RESPONDO DÚVIDAS POR E-MAIL: voapassarinho.contato@yahoo.com.br

Tentarei responder o mais breve possível. Boa sorte!

46 Respostas

  1. Ontem dia 21 de março de 2015, encontrei um filhote de pássaro. Ele já tem peninhas nas assas, pouco pena na cabeça. Sua coloração é penas amarelinhas que estão nascendo na cabecinha e peito, o resto do corpo tem peninhas pretas com pintas brancas. O bico é grande e reto. Os olhos estão bem abertos e já ensaia a voar ,pulando e abrindo as assas.. Ofereci uma papa de mistura para hamster( pois tenho um). tirei as cascas da semente de girassol, a pipoca e moi com água o restante. Formei uma pasta meio liquida e estou oferecendo, abrindo o bico. Ele esta recebendo bem, já esta tomando solzinho e já não está tão arisco.Pretendo soltá-lo no jardim assim que estiver voando melhor! Ofereci tb esta mistura com banana e hora com mamão.Tenho dúvidas: Quantas vezes por dia devo oferecer? Como sei que estão satisfeitos, saciados?
    Obrigado por me ajudar. Saberia dizer qual espécie que eu tenho? Vou postar a foto dele no meu facebook: Ligia Viola

    • Olá Ligia! Não sei que raça pode ser, teria que ver uma foto para identificar melhor. Sobre suas dúvidas:
      Bom, tem pessoas que alimentam de 1 em 1 hora quando é muito filhotinho. Pode-se também optar por 2 em 2 horas. Filhote come muito. Pare de dar comida lá pelas 19h. Se já for crescido de 3 em 3 horas pode alimentar. Estão saciados quando nota-se que o papo deles está cheio, inchado. Verifique apalpando abaixo do bico próximo ao peito. Boa sorte! :)

  2. Meus parabéns,cuido de passarinhos a muito tempo,e todas indicações que constam aqui estão perfeitas,só gostaria de fazer uma observação: se o filhotinho for de Bem-te-vi , ele so pode ser solto no mesmo lugar onde foi encontrado.
    Estes pássaros são territoriais,se forem
    soltos em outro local ,os Bem-te-vis residentes atacam em bando o intruso.
    Parabéns novamente.

  3. gostei muito! meu sabiá está quase mocinho e vai voar!
    obrigada pelas dicas

  4. Obrigado estava com um pardalzinho ao uns 10 dias, fiz todos os cuidados, mas tinha receio de soltá-lo, acabei de soltá-lo dei um beijo, abri as mãos e ele voou bem alto.

  5. Muito bom!!!! achei um passarinho fora do ninho, tentei levá-lo de volta, mas como está ventando muito ele caiu novamente, além disso o vento está destruindo o ninho dele.
    Valeu as dicas!

  6. Oi Miranda (não sei se é seu nome mesmo, mas fui pelo seu e-mail).

    Hoje encontramos um filhote de pardal no nosso quintal. Ele não parecia machucado, e tinha todas as penas, e já dava vôos curtos no jardim, mas não conseguia passar do muro.
    Coloquei ele numa caixinha, e corri pro Google. Ainda bem que achei o seu site!
    Não encontramos o ninho, e por ele parecer grande, achei que devíamos tentar o último passo do seu roteiro.
    Eu e minha esposa levamos ele até um pequeno bosque aqui do lado e o empurrei pra cima, e ele voou pras copas das árvores! (meio na horizontal, mas um pouco pra cima).
    Me preocupo um pouco por já ser noite 20h, mas acredito que ele conseguiu sim.

    Obrigado pelas dicas, você é uma pessoa legal.

    Agora torço pro pardalzinho se tornar um pardal forte, e que voe bastante!

    Abraços!

    • Que demais, que bom que deu certo Vlad. Desculpe demorar a responder, peço no blog que me enviem dúvidas por email pois respondo diretamente por lá. Mas agradeço pelo contato e em saber que deu certo sua história. Abraços! :)

  7. Ajudou muito

  8. mt bom,abg estou com 4 filhotes de biquinho,e estou seguindo tds seu passo a passo.

  9. Adorei suas dicas espero q o meu filhote de biquinho ñ morra ele ja esta com o corpo todo coberto de peninhas.

  10. gostei meuito.resumido e eficaz!

  11. oh! bom na verdade nao caiu no meu quintal eu achei ele num mato que tinha qui no carmo

  12. Olá muito legal sua explicação! estou com um filhote (que não é mais filhote….) de Rolinha para soltar este final de semana. Ela cresceu, está com as asas grandes! peguei pequenina, na rua, caída de um ninho em que não consegui localizar os pais. Estou com ela há uns 20 dias. Está saudável e grande, consegui salvá-la pelo menos. Ela se acostumou muito comigo. Ouve o barulho do saquinho do painço e vem até mim. Solto no chão e ela vai comer. Sempre que posso deixo ela solta em um quarto e treino os vôos. Vou soltá-la na casa de uma amiga que tem um pátio grande e alimenta Rolinhas todos os dias pois tem um bando que vive nas árvores do pátio. Pergunta: será que ela vai sobreviver? ela se adaptará a verdadeira família dela? O outono chegou e o frio também. Devo esperar soltá-la em dias mais quentinhos? Qualquer dica agradeço! Sou totalmente contra pássaros em gaiola e apenas quero saber se estou no caminho certo.

  13. muinto bom cara parabens ja favoritei para quando chegar um passaro filhote aqui em casa eu ja sei os quidados. grato

  14. Nem sei como agradecer por essas dicas,acabei de achar um passarinho mto filhote no portao da minha casa e nao consigo localizar o ninho.Ele nao apresenta nenhum sinal de ferida ou que esta machucado.Fiquei desesperada mas agora ja acalmei lendo essas dicas.Espero que ele sobreviva!Muito obrigada mais uma vez!!

  15. tentou lenvantar e mexeu a cabeçinha mas n ficou de pe

  16. eu estou com um pardal mas n sei dizer se e filhote o gato estava brincando ai eu vi fui socorrer e agora estou sem saber oq faço
    ele so abre olho mexes as perninhas e esta respirando o q eu faço?

  17. eu estou com um pardal mas n sei dizer se e filhote o gato estava brincando ai eu vi fui socorrer e agora estou sem saber oq faço
    ele so abre olho mexes as perninhas e esta respirando o q eu faço?

  18. Boa tarde! encontrei um filhote de pássaros com o peito amarelo comprei uma comida que tem cheiro de banana e faço a papinha e dou só que ele está com algum problema nas pernas ele só fica deitado o que posso fazer?

  19. Obrigada pelas informações, mas só fiquei sabendo agora que fiz algo muito errado. Como gosto muito de bichos, eu toquei muitas vezes no filhote, que já está há uma semana comigo. E agora? Os outros vão rejeitá-lo?

  20. Brigada pela dica, mas eu não sei se vai dar para um sabia-do-campo.

  21. muito bom vou faser isso com os passarinhos que cairam do ninho.obrigada pelas informações

  22. Muito obrigada! Acho que assim o pássaro que achei hoje terá chance de sobreviver! :)

  23. Aprendi muito com tudo que eu li,acabei de encontrar 3 filhotinhos de pássaros,não sei de que espécie,mas estou seguido as recomendações a cima,eles estão muito bem!

  24. Achei um ninho com 5 filhotes de andorinha dentro da churrasqueira, após 2 semanas 3 infelizmente morreram. Dois morreram após comer, não sei se afogaram. Estou agora tentando manter os últimos 2 vivos até que voem. O site ajudou bastante!

  25. achamos um filhote e vamos tentar cuidar mandaremos respostas

  26. olá, hj achei um filhotinho , ele estava aprendendo a voar e caiu da arvore que fica no patio do meu predio, mas como la tem mtos gatos e ele nao tava conseguindo voar direito eu peguei ele, mas agora ta chovendo mto e ele nao para de chamar a mae dele, o que eu faço, ele tb nao quer comer..

  27. Mttt obrigado!!!!

  28. Acabei de achar um pardalzinho.. Obrigada, pois esclareceu muito! Vou cuidar até ele poder voar. Pena que está machucadinho.

  29. Achei o artigo interessante e vai me ajudar muito a cuidar de uma andorinha que caiu no meu quintal. Ela já tem penas mas ainda é filhote…..realmente não tinha ideia de como ajudar a avezinha.

  30. Vlw ajudo muito

  31. Estou tentando seguir suas dicas. Ele, o pardalzinho, já está mais fortinho. Vamos ver amanhã como reage. Obrigada!

  32. Obrigada pelas dicas.. esse post me tranquilizou mto, estou cuidando de um pássaro, ele já sabe voar, vou soltá-lo amanhã, estava com medo dele morrer por nao estar comendo sozinho… Mas agora sei q o instinto vai falar mais alto e ele vai se virar bem vendo os outros pardaizinhos! Mto obrigada mesmo!

  33. Essas dicas ajudaram muito, obg!!!

  34. Caiu um passarinho do ninho, e fiquei com dó. Resolvi cuidar. Vou tentar quem sabe dá certo!

  35. eu achei um filhote de ben te vi na casa da minha vo e peguei ele havia caido do ninho ja esta grandinho tem poucas penas mais ainda nao come sozinho mas mandadrei noticias !!abraco gabrielle eu tenho 12 anos …

  36. Muito bom. Parabéns! Esclareceu todas as minhas dúvidas. Obrigada!

  37. Nossa , muito obrigado , ajudou muito :D

  38. Foi de muita ajuda para mim. Vi que estava fazendo algumas coisas erradas, mas vou corrigir. O filhote que encontrei não é tão pequeno, mas tava fraco e ainda não sabe voar bem, eu tava pensando que quando eu soltasse ele morreria, mas já estou forçando pra ele comer sozinho, quando ele tá com muita fome ele bica a comida, outras horas ele fica só abrindo o bico e esperando eu colocar. Vou ter que deixar ele sozinho em casa, estava levando pro trabalho todo dia, vou fazer o que puder pra ensinar ele a voar com essa dica e depois é Deus, ele e a natureza. Me apeguei muito a ele, mas não posso ser egoísta, estou mais tranquila, agora que sei que ele sobrevive depois de ficar num apartamento por uns dias.

  39. Parabéns pelo trabalho! Adorei e anotei todos os passos. Obrigada por compartilhar conosco. Que Deus abençoe você.

  40. Nossa excelente post !!!!
    Estou com um pardalzinho q nem penas tem ainda ….
    O mais íncrível é q foi a nossa cachorra Mel (pitbull) q o encontrou e trouxe p/ dentro de casa e nos entregou sem machucá-lo…. nenhum arranhão

    Mãos a obra cuidar desse mini herói

Campo para comentários diversos. Se tem dúvidas favor enviar para o e-mail voapassarinho.contato@yahoo.com.br. (Só respondo por lá). Grata!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: