Caiu um filhote de passarinho na minha casa, e agora?

Oi meus amores,

Muita gente me procura pedindo ajuda sobre como cuidar de pardaizinhos, bem-te-vis, andorinhas, entre outros filhotes que caem do ninho, ou aparecem na casa do nada, ou o gato tentou pegar… vários motivos, mas o único e principal é “Como cuidar deles??”.

Acredito que esse post vai ajudar muito marinheiro de primeira viagem. Então mãos a obra, pois sei que você me achou para tentar ajudar o pobre filhotinho indefeso a viver.

Vou apresentar algumas das coisas que você deve comprar na casa de ração, afinal para cuidar terá que gastar uns trocados.

Compre:

Seringa, Antibiótico (se precisar), pó de serragem, papa para filhotes (em pó). E pegue uma caixa de sapato vazia.

Primeiro de tudo, verificar se o filhote apresenta sinais de machucados, arranhões, mordidas, ou asa ferida…

Caso apresente, use o antibiótico. Não me lembro quantas gotinhas eu usava misturado na água, mas pergunte ao homem da loja, cada antibiótico tem uma quantidade exata a dar ao filhote. Após dar o antibiótico, o passarinho tem grandes chances de melhoria. Caso contrário, pode não resistir, se estiver muito ruim, devido a ser muito filhotinho e fraco. Se apresentar fortes ferimentos abertos, leve a um veterinário mais próximo, e dê sorte de alguém poder cuidar dos ferimentos, pois é raro veterinários que cuidam de pássaros. Não vou te dizer oque passar nas feridas, pois não tenho experiência com isso, muito menos sei como fazer.

Segundo:

Pegue a caixa de sapato vazia, despeje o pó de serra dentro, (a medida boa é cobrir as garrinhas do passarinho), e coloque o filhote dentro. O pó de serra é bom pois é quentinho e segura as fezes. Não tampe toda a caixa, senão ele morre sufocado. Rasgue metade da tampa dela, deixando um lado tampado e o outro aberto.

CUIDADO: Não coloque jornal nunca, nem panos ou trapos. Jornal intoxica e panos enroscam nas garras, podendo sufocá-lo. 

Terceiro:

Já com a papa em mãos, ela geralmente vem em pó.

CUIDADO: Nada de pão velho esfarelado com água, ou fubá umido, ou aveia com leite!!! não dê essas coisas, que só matam o bicho e não tem nutriente nenhum para mantê-lo sequer vivo por muito tempo, e leite é uma aberração. PASSARINHO NÃO MAMA!!! ELE NÃO É MAMÍFERO!!! ELE NÃO TOMA LEITE!! Deixei bem claro?? Não vão dar de loucos, hein?? Então continuando…

Abre o pote da papa, coloque num copo uma colher de sobremesa de papa e pouca água para virar a textura de um mingal, que nem leite ninho se você já fez uma vez deve saber a textura que fica. Aqueça a papa com agua no microondas uns 5 segundos acho, tem que ficar levemente morninho, nada de quente ou fervendo, senão mata o animal. Morninho para descer mais facil na garganta dele. Misture bem com colher e sugue com a seringa até a metade dela. Chegue próximo ao bico do filhote e vá soltando muito devagar a papinha ao lado do bico fazendo pressão, ele vai abrir o bico automaticamente e ao abrir, vc faz uma leve força para pressionar mais comida. Cuidado para não afogar ele. Dê aos poucos, espere ele engolir, e esteja atenta ao papinho dele.

Verifique se o papo do filhote está cheio. Se tiver cheio pare, guarde oque sobrou da papa tampado com papel aluminio, em um canto sem luz solar. Sempre atente-se se acabou papa, faça mais e dê sempre morninha.

Alerta Limpeza: Pegue cotonetes e umideça-os na água, passe no canto do bico, para que todo o resíduo de comida saia. Se você deixar resíduos, a comida resseca no bico, gruda, enche de fungos, o filhote fica doente, e não consegue mais comer. Finalize passando um paninho úmido no bico bem com cuidado para não machucar.

Bom, tem pessoas que alimentam de 1 em 1 hora quando é muito filhotinho. Pode-se também optar por 2 em 2 horas. Filhote come muito. Pare de dar comida lá pelas 19h.

Se o filhote pia, normalmente é sinal de saúde, ou fome.

Alerta Água: Não se esqueça da água. Deve hidratá-lo junto com a comida. Após dar de comer, enche um dedinho de água na horizontal na seringa, e pressione para ele abrir o bico, e despeje guela abaixo. Pronto!! Bem alimentado e bem hidratado!!

obs: na foto, a pessoa utiliza uma seringa com um cabinho longo para imitar o bico da mãe. Não sei se vendem na casa de ração mesmo, mas é uma outra opção.

Quarto:

Após as refeições do dia, deixe-o quietinho na caixa onde não faz barulho para ele poder dormir. O pó de serra já o mantém aquecido. Nada de lampadas em cima. Deixe-o no escuro próximo a você ou então num canto do quarto. Não deixe-o lá fora, senão morrerá de frio, afinal ele não tem mais mãe e pai que sentem em cima dele.

E de manhã, mantenha a caixa em um local com claridade e ventilação com brisa. Mantenha-o fora do alcance de crianças pequenas, de cachorros, gatos, entre outras ameaças.

Faça essa rotina toda até o passarinho ficar fortinho e querer abrir as asas.

Quinto:

Depois de crescidinho procure deixá-lo em um local mais aberto para ele querer voar. Quando o animal fica muito dentro de algo, adoece e morre. Ela deve tomar o solzinho da manhã, até umas 10h, assim recebe toda vitamina para as asas crescerem bem.

Cuidado com gatos a solta, e gaviões. São presas fáceis os filhotes que ficam expostos num local muito aberto.

Quando for ensinar a voar, e ver que o pássaro está a bater muito as asas, procure achar um local cheio de árvores próximas, tipo um bosque, ou reserva, e dê impulso de baixo e jogue com tudo o pássaro para cima, como se fosse soltar balões. Ele com o impulso de baixo vai se sentir na obrigação de bater as asas e vai tentar voar até apoiar em algo. Depois disso, não se preocupe que o pássaro conseguirá voar normalmente depois de umas 4 tentativas de cair e você levantá-lo denovo pro ar.

OBS: Evite pegar muito no pássaro, o calor da nossa mão é úmido demais, podendo sufocar o bicho, e tirando-lhe o cheiro natural dele para convivencia entre outros pássaros futuramente. Por isso só pegue-o quando for alimentá-lo.

Ah mas e agora? Ele cresceu, quer voar, mas se eu o soltar ele não vai viver lá fora!!

Errado!!

Vive sim! Ele é selvagem, ele tem asas. Ele veio da floresta. O pássaro após ser solto, vê outros de sua espécie, e tenta imitá-los em tudo, comer, se esconder, voar, tomar banho, enfim. É o instinto falando mais alto. Ele se junta com outros bandos e vive normalmente. Podem ficar tranquilos meus queridos, pois seus pássaros estarão a salvo.

Jamais prenda um pássaro em uma gaiola!! Ele tem asas para voar, ser livre!! Não maltrate os animais!! Você gostaria de viver em uma prisão, e ver seus semelhantes livres e felizes do outro lado da cela?

AbraçoSSS

e mandem notícias dos cuidados com seus filhotes!!

Dúvidas me mandem email: voapassarinho@live.com

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: